Google
 

quarta-feira, 31 de outubro de 2007

A Arma Secreta!

Eu sempre falei que não ia muito com a cara da gorda Alzira, cada dia que passa me convenço mais que tenho que levar a sério esse negócio de intuição. E agora cá estou eu, presa na fila do banheiro com essa gorda medida a terrorista apontando uma pistola para meus lindos e longos cabelos. Se essa obesa estragar meu penteado...
Tenho que pensar em algo rápido, não posso me deixar prender por uma pessoa flácida, afinal de contas eu sou linda, loira e japonesa e não posso ter um final de uma qualquer. Putz, por quê não prestei atenção no que Ed me falou? Por que fui dar mole para Xórgii de novo? Tenho que agir. Não posso fazer nada que possa ferir os usuários do bar, tenho que dar um jeito de sair com essa hipopótama daqui.
- Gorda Alzira, me diga uma coisa: como você descobriu que eu estava aqui com esse homem maravilhoso? Foi dona Suzana quem lhe contou não foi?
- Garota, você é burrinha demais. Será que você não percebeu ainda que eu e Jorge fazemos parte da mesma célula terrorista que pretende dominar o mundo?
- Gorda Alzira, gorda Alzira...Você não acha que está assistindo demais ao Pink e Cérebro? E além do mais qual a sua intenção em ir comigo ao banheiro? Que terrorista fuleira é você que faz tudo que seu refém pede? Se eu lhe pedisse um ovo cozido daqueles coloridos você iria comigo até a Lapa buscar? Está vendo gorda Alzira como a senhora não serve para esse serviço? E quer saber mais? Eu peço demissão, ouviu? Agora eu vou lhe falar tudo que está engasgado aqui! Eu nunca fui com sua cara, para mim você tem cara de porca, você fede que nem uma porca e é rosada que nem uma...
- Cale-se Garota, agora chega! Venha cá pra fora que irei dar-lhe uma lição. Anda, para fora.
Meu plano estava dando certo. Consegui fazer com que a gorda me tirasse do meio da multidão. Agora poderia usar minha arma secreta.
A gorda me levou até o estacionamento do bar, estávamos somente nós duas.
- Vai gorda, atire em mim, vamos! Mas atire logo antes que suas mãos comecem a suar e essa pistola escorregue...
- Eu não irei matá-la agora Garota, primeiro farei você sofrer muito. Está vendo essa linda bolsa Victor Hugo que estou a carregar? Pois bem, nela está toda a coleção dos seus discos da Diana!
- Meus discos da Diana? Nãããão! Não faça nada com eles!
- E tenho aqui também seus posters do Ângelo Máximo. Que tal seu eu rasgasse um por um na sua frente?
- Sua gordinha danada, me dá minhas coisas agora, anda!
- Elas serão suas de novo Kérida Garota se você vier para nosso lado.
- Eu não posso ficar a seu lado gorda Alzira, se ficarmos em um corredor estreito você irá me amassar toda.
- Não banque a engraçadinha Garota, você entendeu o que eu quero.
- Nunca irei ficar com você. Eu tenho um homem lindo que me ama e que irá me salvar. Fique aí com sua célula terrorista e com Xórgi. Não quero ver mais vocês.
- Ok Garota, você fez sua escolha! Pronta para me ver acabando com essa peruca linda sua?
Quanta maldade pode haver em um ser humano, ainda mais em uma gorda que é maior. O motivo da inveja dela para com minha pessoa era por causa do meu cabelo. Jisuisss... eu tinha poucos minutos para agir, essa era a hora para eu usar minha arma secreta.
- Gorda Alzira, sabe quando você irá me pegar? Nunca! Eu sou linda, loira, japonesa e flexível! Chegou a hora de você conhecer minha arma secreta.
Falei isso e soltei a Daiane dos Santos que havia dentro de mim. Peguei a bolsa com minhas preciosidades da mão dela, dei um “duplo twist carpado” e fugi daquele monte de gordura saturada.
- Venha me pegar gorda Alzira, venha! Agora você já sabe quem eu sou! Eu sou a Daiane dos Santos, linda, loira e japonesa! Kkkkkkk... adeus gorda Alzira, você só me verá novamente quando estiver na prisão!!!

6 comentários:

Carol disse...

EU SABIA QUE AQUELAS AULAS DE ALONGAMENTO TE FARIAM BEM...

Adriano disse...

EU TO GOSTANDO, SÓ ACHO QUE SUAS VIAGENS DEVERIAM VOLTAR MAIS A REALIDADE DO BRASIL...!!!

Ate mais!

carol disse...

A gente já toma porrada da realidade todo dia!!! o.O

Elisabeth Swan disse...

Bem que eu desconfiei que ela não era normal.

Tá explicado!

Dr. Ricardão disse...

Pois olha, ainda não tive tempo de ler a trama por completo, mas pelos posts que li já adorei.

Posso colocar um link seu em meu blog? Beeeeeeeijos do Doutor =)

Pixaim disse...

vc tem que escrever um livro com suas aventuras londrinas...
estou amando acompanhar!