Google
 

domingo, 28 de outubro de 2007

Como Uma Virgem!

Pronto, lá estava eu cara a cara com uma das pessoas mais detestáveis do mundo. Com tanto banheiro no mundo aquela pessoa com excesso de tecido adiposo tinha que aparecer logo no banheiro que eu ia usar. Como eu faria para ligar para Ed e informar tudo que estava acontecendo? Aquela gorda com certeza não iria largar do meu pé e quando eu falasse que estava com Xórgi aí sim que ela iria grudar que nem chiclete velho. Sem contar que essas gordinhas sempre tem que ser simpáticas para com as pessoas que estamos interessadas. Odeio esse estilo “Miss Simpatia” que elas adotam.
Mas a questão agora é: Como faço para dar o truque em Alzira e ligar para Ed? Pense Garota, pense....
- Garota linda, você ainda não me falou o que veio fazer aqui em Johanesburgo.
- Ai Alzira, eu nem te conto. Acredita que o piloto de meu avião pegou o caminho errado? Pois é... então... eu estava indo para Londres e ele veio parar aqui. Sabe o que é você pousar em um país estranho e nem poder tirar a água do joelho em paz por que as pessoas não saem do banheiro?
Agora ela iria se tocar e me esperaria do lado de fora.
- Sei sim miiiiga, mas felizmente eu estou aqui. Pode fazer seu xixinho tranqüila que eu fico aqui segurando a porta e não deixo ninguém lhe importunar.
Eu não mereço isso! Essa balofa não entende uma indireta. Vou ter que usar meu plano B mesmo.
- Alzira mais que linda, me faça um favor - falei retirando a foto de Xórgi da minha carteira – Está vendo esse belo homem, da voz macia e da pegada forte? Então, ele está lá fora me esperando, você poderia me fazer o obséquio de ficar na mesa com ele? Eu não confio em deixa-lo solto com esse monte de africana necessitada.
- Nossa miiiiga, aonde a senhora arrumou esse bofão? Pode deixar que eu irei tomar conta dele direitinho.
- Alzira, Alzira... às vezes me pergunto o que seria de mim se não fosse você para me ajudar...
- Bem Garota, eu irei ficar na mesa com ele. Por um acaso você teria aí cem rands para em emprestar? Estou morrendo de sede.
Affeeeeennn... que gorda aproveitadora! Mas fazer o quê, né?
- Aqui está meu amorzinho, vai lá e toma conta desse macho para mim.
Finalmente me livrei dela, tenho que ser rápida.
- Ed, temos um problema. Xórgiii está comigo em um bar e para completar a gorda Alzira está aqui também. O que fazemos?
- Você está no boteco com Jorge? Mas você hein? Não posso dar mole que você logo arruma outro macho.
- Ed, seja profissional. Minha relação com Xórgi está sendo hiper profissional. Preciso de sua ajuda para pegarmos ele.
- Garota, enrole ele aí até que eu consiga deslocar nossos agentes para aí.
- Certo Ed, mas não demore. Não sei por quanto tempo ainda irei agüentar a gorda Alzira.
- O quê??? A Gorda Alzira está com vocês dois? Garota, sinto que você está correndo um grande perigo. Tire uma foto dela para que possamos analisar...
- Ok Ed, eu irei tirar uma foto dela. Só não sei se ela irá caber toda no meu telemóvel com câmara comprando nas Casas Bahia em 24 meses sem entrada.
- Se vira Agente Neusa, japoneusa. Você não é quadrada.
Gosto muito de Ed, mas devo confessar que Xórgi mexe, e muito comigo. Quando estou ao lado dele me sinto como uma virgem.
Ao voltar à mesa, me deparou com Alzira sentada ao lado do meu macho, toda sorridente , toda simpática e amiga. E o pior de tudo, falando alto! Esses gordinhos devia perder essa mania de falar alto.
- Alzira, gostou de Xórgi?
- Ai miiiga seu Jorge é um que tudo mesmo!
- Vamos então eternizar esse momento? Alzira, sente mais ao lado de Xórgi que irei tirar uma foto!
- Tirar foto Garota? Você sabe muito bem que eu não posso tirar fotos. Minha religião não permite.
- Ta certo então Xórgiii... eu irei tirar somente de Alzira. Isto é, se ela couber na minha maquininha.
- Garota, não seja irônica! Claro que eu caibo nessa maquina sua.
- Ótimo, vamos lá então.
Arrumei a maquina para tirar a fotinha, ops... fotona, da gorda Alzira.
- Olha o passaralho Alzira! Sorria, diga X! Alziraaaaaa... para de olhar para a bilola de Xórgi, por favor?
Pronto, foto tirada, agora tenho que passar para Ed! Prontoooo... mensagem enviada.
Ficamos na mesa os três, eu calada, Xórgi enchendo a raba de cachaça e Alzira sendo simpática com todo mundo. Nisso meu telemóvel toca, era Ed.
- Minha Garota linda como uma virgem. Você tem que sair daí o mais rápido possível. Você está correndo risco de vida!
- Como Ed?
- Some desse bar e procure um local seguro para você. A coisa aí está ficando preta! (ops... olha o politicamente correto...)
- Ed, como assim? Não entendendo meo...
- Fuja daí agora. Invente uma desculpa e suma.
Ed, me deixou nervosa agora. Será que ele está achando que Xórgi não tem dinheiro e que eu terei que ir lavar prato? E que desculpa darei para poder sair assim? Tenho que pensar...
- Gentemmmm... você irão me dar um licença de novo... vou ao banheiro, tenho que dar um banho básico nos morenos?
- Vai pagar um barrão miiiiiga?
- Sim Alzira, vou sim.
Gorda mau educada, o que ela tem a ver com minha life? Afffeeeennnn...
- Então eu irei com você agente Neusa, JapoNeusa. Vai na frente, eu estou atrás de você com uma pistola, me obedeça direitinho.
- Alzira, o que está acontecendo? Eu não estou lhe entendendo.
- Alzira não Garota, Al Zira. Esquecestes que eu sou árabe?
Ai, ai, ai... sinto que terei de parar em meu blog. Se não bastasse eu ter que prender Xórgi, ainda tenho que seguir as ordens dessa gorda? Karaka gentem... quem de vocês aí não está gostando do meu blog? Isso tudo só pode ser olho-grande...

Um comentário:

Carol disse...

Al Zira!?!?!?
Oh! E agora? Quem poderá defendê-la?