Google
 

terça-feira, 19 de fevereiro de 2008

Para sempre Fifi...

Acordei no quarto do hotel e com o telefone tocando. Que estranho, quem será que me trouxe para cá?
- Alô...
- Garota, preciso da sua ajuda.
-Fifi?
- Sim! Garota, você tem que me ajudar. O que você falar para eu fazer, eu farei.
- O que houve Fifi?
- Sabe Garota, eu estive pensando e cheguei à conclusão que não aguento mais essa vida que tenho levado. Estou com vontade de jogar tudo para o alto.
- Mas kérido, o que houve?
- Ah Garota, você sabe que eu tenho andado meio adoentado ultimamente. Não tenho mais a mesma disposição de antes. Todo dia é um comentário maldoso a respeito dessa situação e eu não tenho mais idade para aguentar tudo isso.
- É Fifi, eu entendo.
- E outra coisa, a grana aqui está meio curta. Tenho muitas coisas para fazer e cadê o money?
- Olha Fifi, você sabe que eu sempre fui sua fã. Sempre que posso passo aí para a gente conversar, se divertir e dançar. Mas sabe, eu acho que você precisa de um tempo só para você. Você se preocupa demais com os problemas dos outros e acaba esquecendo de si mesmo.
- Pois é Garota, eu pensei nisso também...
- Continuando. Eu acho que você deveria realmente se aposentar. Saindo de cena, você poderá curtir melhor a vida. Viajar, namorar, dançar. Enfim, fazer tudo aquilo que você não fez até hoje.
- É Garota, você tem razão. Eu preciso realmente disso. Qual a solução para meu problema então?
- Sinceridade?
- Sim.
- Renuncia!
- Como?
- Renuncia Fidel! Você já trabalhou muito aí na Ilha, agora é hora de você colher o que plantou.
- Você acha que essa é a melhor saída?
- Sim.
- Eu farei isso. Mas Garota, o que eu direi aos outros? Com certeza muita gente vai malhar de mim.
- Não ligue para os outros.
- E se aquele Bush vier gozar da minha cara?
- O Bush? Ora fófis, você acha que ele tem moral para malhar de alguém?
- Ele vive falando para todo mundo que eu sou um ditador...
- Fidel, preste bem atenção no que eu vou falar: Esse tal de Bush não pode falar nada de você! Você já esqueceu que ele massacrou o Iraque todinho? Que inventou aquela estória de "armas químicas" lá e que não achou nada disso depois da invasão?
- É mesmo...
- E tem mais, e a base de Guantánamo, hein? Você sabe das barbaridades que ocorrem lá, né?
- É mesmo...
- Então Fidel fófis, não se preocupe com o que irão falar. Renuncie já!
- Farei isso Garota! Nossa, não sei o que seria de mim se não fosse você.
- Que isso Fifi, amigos são para essas coisas. Agora eu vou desligar, viu? Amanhã terei um dia duro e tenho que estar bem descansada.
- Obrigado Garota! Eu vou preparar um comunicado sobre a minha renúncia. Beijos.
- Beijos Fifi!
Affeeennn... se já não bastassem meus problemas, ainda tenho meu descanso interrompido para cuidar dos problemas dos outros!
Amanhã meu dia vai ser punk...

4 comentários:

jlou disse...

Fifi!!!???? KKKKKKKKKKKKKKKKKKKK Adorei a sua intimidade! hauhauhauhauha..... Adoro seus contos loucos! E valeu por me add!

Estive sumida por um bom motivo!!! depois passa lá! B-Jú! Garota!

www.jlouthings.blogspot.com

jlou disse...

Tem presente pra vc lá nomeu blog!!!! No post de 28/02

Passa lá!

www.jlouthings.blogspot.com

Du disse...

Era só o que te faltava, uma Fifi pra encher os tubos! Aff...

Saudades docê, garotinha!

Xêros!

Thaís Toda disse...

Boa tarde, tudo bem?

Gostaria de estar conversando sobre uma possível parceria. Queria saber mais, como funciona.
Se possível, dêem uma olhadinha em nosso site, para ver como é o esquema.
Estaremos aguardando respostas, caso se interessem.

Atenciosamente,

Thaís Toda
http://www.thaistoda.com.br